Sobre l Julio Bittencourt | baixar CV

 

Julio Bittencourt nasceu em 1980 no Brasil e cresceu entre São Paulo e Nova York. Seus projetos foram exibidos em galerias e museus em vários países e seu trabalho publicado em revistas como Foam Magazine, GEO, Stern, TIME, The Wall Street Journal, C Photo, The Guardian, The New Yorker, Esquire, Financial Times, Los Angeles Times e Leica World Magazine, entre diversas outras. O artista é autor de três livros: 'Numa janela do Edifício Prestes Maia 911', 'Ramos' e 'Dead Sea'.

 

Ele atualmente vive e trabalha entre Paris e São Paulo.

 

Bolsas e prêmios

 

2020

COCA Project | Centro de Artistas Contemporâneos (Finalista)

 

2017
Aesthetica Art Prize (Finalista)

 

2013
XIII Prêmio Marc Ferrez de Fotografia

 

2012
Prêmio de colagem | IPA (International Photography Awards)
Prêmio de Belas Artes | IPA (International Photography Awards)

 

2010
Premio Porto Seguro de Fotografia (Categoria Brasil)

 

2009
Prêmio Fundação Conrado Wessel
Prêmio Paul Kuf (indicado)

 

2007
Prêmio Leica Oskar Barnack
Prêmio Aperture Prize

 

2006
Prêmio Fundação Conrado Wessel

 

Coleções

 

BNF | Bibliothèque nationale de France

FMA - Fundação Marcos Amaro, Brasil
Coleção Leica, Wetzlar, Alemanha
Museu de Arte Fotográfica de Kiyosato (K * MoPA), Japão
Alfredo Setúbal, São Paulo, Brasil
Galeria Noorderlicht, Groningen, Holanda
Pinacoteca do Estado de São Paulo, Brasil
Coleção Pirelli | MASP de Fotografia, Museu de Arte de São Paulo (MASP), Brasil
Fundação Conrado Wessel, São Paulo, Brasil
Instituto Itaú Cultural, São Paulo, Brasil
Bolsa de Arte do Rio de Janeiro, Brasil
Coleção Joaquim Paiva - Museu de Arte Moderna | MAM, Rio de Janeiro, Brasil
Coleçã
o Aloysio Cravo, São Paulo, Brasil
Museu da Fotografia, Fortaleza, Brasil
Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto, Brasil
Abact, Associação Brasileira de Arte Contemporânea, São Paulo, Brasil